ODONTOLOGIA VETERINÁRIA

diversos posts

A Odontologia veterinária, ou odontoveterinária, é a área da Medicina Veterinária que estuda a anatomia, fisiologia, patologia e terapia para as afecções da cavidade oral dos animais.

Assim como a odontologia humana, é de suma importância o estudo dos materiais dentários, além das técnicas operatórias em odontologia veterinária.

Também tem suas subdivisões, como a periodontia, endodontia, ortodontia, dentística, etc.

No Brasil, a atuação nesta área é restrita do profissional em medicina veterinária, segundo a Lei Federal 5.517

A odontologia veterinária, assim como a odonto humana, tem suas divisões nos mesmos moldes:

  1. Periodontia: É a parte da Odontologia que se dedica ao estudo das alterações do Periodonto e seus respectivos tratamentos.
  2. Endodontia: É o ramo da Odontologia que trata das lesões e doenças da polpa (nervo) e da raiz do dente.
  3. Ortodontia: É uma especialidade da Odontologia que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada
  4. Cirurgia buco-maxilo-facial: A cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial oferecem uma variedade de métodos para o tratamento de fraturas mandibulares, desde o tratamento conservador até o tratamento cirúrgico.
  5. Implantologia: É uma área de especialização da Odontologia voltada para a implantação e reimplantação de dentes após a perda do original, incluindo sua manutenção
  6. Dentística restauradora: É a área da Odontologia que trata das alterações dos dentes e tecidos circunvizinhos, ou seja, trata da doença cárie, suas repercussões sobre a estrutura dental e alterações de forma – textura e cor dos dentes, devolvendo ao paciente à saúde, e aos dentes a estética, função e anatomia.

Apesar das divisões serem as mesmas da odonto humana, há muitas diferenças no que diz respeito à: anatomia, fisiologia, patologia, terapêutica e técnica operatória.

Vale ressaltar que na medicina veterinária o nosso paciente para ser submetido a um procedimento odontológico precisa ser submetido a anestesia geral é necessária para evitar dor no animal, e também para permitir uma adequada manipulação da boca do cão. . (Anestesia Inalatória- saiba mais no nosso post sobre anestesias)

Para que tudo ocorra com segurança, exame pré-operatórios serão necessários tais como exames de sangue, ecocardiograma dentre  outros.

 Felinos:

A dentição de leite em gatos tem 26 dentes

A dentição permanente tem 30 dentes

são: 12 incisivos 4 caninos 10 pre molares 4 molares

Caninos;

A dentição de leite nos cães tem 28 dentes

A dentição permanente dos cães tem 42 dentes

são: 12 incisivos 4 caninos 16 pre molares 10 molares

INTOXICAÇÃO POR BUFOTOXINAS EM CÃES
TUMORES MAMÁRIOS
FÍSTULAS PERIANAIS
PERIODONTIA / DOENÇA PERIODONTAL
HEPATITE INFECCIOSA CANINA
PARAINFLUENZA
CORONAVIROSE
ADENOVIROSE CANINA
OFTALMOLOGIA VETERINÁRIA
CELULITE JUVENIL CANINA
HIPERTERMIA MALIGNA
CARCINOMA/ADENOCARCINOMA/COLANGIOCARCINOMA DO DUCTO BILIAR
DISPLASIA RENAL
SÍNDROME DO OVÁRIO REMANESCENTE
FÍSTULA INFRAORBITÁRIA
FÍSTULA ORONASAL
CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM CÃES
COLAPSO TRANQUEIA
ESPIRRO REVERSO
HEMANGIOSSARCOMA
HEMANGIOMA CUTÂNEO CANINO
ODONTOLOGIA VETERINÁRIA
HIPOGLICEMIA
INSULINOMA
SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA VIRAL FELINA (FIV)
TRICOBEZOAR
VÕMITO CRÔNICO EM GATOS
NEOPLASIA PROSTÁTICA
PROSTATITES
CISTOS E ABSCESSOS PROSTÁTICOS
HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA (HPB)
AFECÇÕES PROSTÁTICAS EM CÃES
CORONAVÍRUS FELINO
CISTITE IDIOPÁTICA FELINA (CIF)
TÉTANO
UROLITÍASE
DISQUERATINIZAÇÃO
DESVIOS (SHUNTS) PORTOSSISTÊMICOS CANINOS
HIGROMA
DOENÇA DO SACO ANAL
PEDICULOSE
ISOSPOROSE
TOXOPLASMOSE
HIPERADRENOCORTICISMO CANINO / SÍNDROME CUSHING
DOENÇA RENAL CRÔNICA
ARRITMIAS CARDÍACAS
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA
BORDETELLA
CLAMIDIOSE
HEMOPARASITOSES EM GATOS
DERMATITE ATÓPICA CANINA / ATOPIA
DERMATITE ÚMIDA / ECZEMA ÚMIDO
HIPOADRENOCORTICISMO / DOENÇA DE ADDISON
HIPOTIREOIDISMO CANINO
PROBLEMAS NOS OLHOS
PERITONITE INFECCIOSA FELINA (PIF)
MASTOCITOMA
ENDOCARDITE BACTERIANA
LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA
LARVA MIGRANS VISCERAL
LEPTOSPIROSE CANINA
DERMATOFITOSE / MICROSPORUM CANIS
DERMATITE ACRAL POR LAMBEDURA
PULICIOSE – PULGAS
DEMODICOSE CANINA/ SARNA DEMODÉCICA
DIROFILARIOSE
SARNA OTODÉCICA / SARNA DA ORELHA
SARNA SARCÓPTICA / ESCABIOSE CANINA
DIABETES MELLITUS
SÍNDROME DA DISFUNÇÃO COGNITIVA
FeLV – LEUCEMIA VIRAL FELINA
TRAQUEOBRONQUITE INFECCIOSA CANINA
DOENÇA DO TRATO URINÁRIO INFERIOR FELINOS
OTITES
RAIVA
GIARDÍASE
LARVA MIGRANS CUTÂNEA
CALICIVÍRUS FELINO
HERPESVÍRUS FELINO/RINOTRAQUEÍTE VIRAL FELINA
BOTULISMO
HIPERPLASIA ENDOMETRIAL CÍSTICA E PIOMETRA
DIPILIDIOSE
PARVOVIROSE
HEMOPARASITOSES EM CÃES
CINOMOSE