ESPIRRO REVERSO

O espirro reverso (Respiração Paroxística Inspiratória) é um problema muito comum de acontecer com nossos cachorros, porém muitos donos acreditam que eles estejam engasgados ou tendo algum ataque asmático.

Para os donos, os poucos segundos de um episódio podem parecer eternos. 

O nome desse fenômeno observado em cães, principalmente em braquicefálicos (braquicefálicos são os cães que possuem o focinho achatado), é respiração paroxística inspiratória ou também comumente conhecido como espirro reverso, já que de fato parece que o cão está querendo segurar o espirro.

Em um espirro normal, o ar é empurrado para fora do nariz.

Em um espirro reverso, o ar é puxado rapidamente para dentro do nariz, fazendo um som caraterístico.

Apesar de poder acontecer em todas as raças de todos os tamanhos, os eventos acontecem mais em raças de porte pequeno.

Quando acontece dos cães terem espirro reverso, a maioria volta a respirar normalmente depois dos episódios.

Pode ocorrer diversas vezes na vida de um cachorro e geralmente acontece aleatoriamente.

Espirros reversos são causados por um espasmo na garganta e no palato mole.

Pode ser causado por uma irritação na área da garganta, faringe ou na laringe.

Isso pode ser de excitação, puxões na coleira, alergias (pólen, cheiros fortes), infecções respiratórias, gotejamento pós-nasal, ou para alguns cães, as mudanças bruscas de temperatura.

Pode acontecer em cachorros desde a mais tenra idade e se estender até a maioridade.

Em outros, o cachorro começa a apresentar eventos depois de adulto e de fato se torna algo crônico.

Se a frequência e severidade aumentarem, vindo acompanhados de um estranho corrimento nasal, leve o seu cachorro ao veterinário.

Só ele poderá descartar disgnósticos como um corpo estranho no trato respiratório, câncer nasal, pólipos ou tumores , ácaros nasais, colapso na traqueia ou uma infecção respiratória.

Quando o cão está tendo um episódio de espirro reverso, ele:

  • Fica parado
  • Estica o pescoço
  • Cotovelos afastados
  • Olhos arregalados
  • Movimentos rápidos inspiratórios com a boca fechada
  • Sons vindo das passagens nasais
  • Tosse

Fonte: Portal Dog

HIPOPLASIA DE ESMALTE DENTÁRIO
HIPERTIREOIDISMO EM FELINOS
CONSTIPAÇÃO CRÔNICA EM FELINOS
INTOXICAÇÃO POR BUFOTOXINAS EM CÃES
TUMORES MAMÁRIOS
FÍSTULAS PERIANAIS
PERIODONTIA / DOENÇA PERIODONTAL
HEPATITE INFECCIOSA CANINA
PARAINFLUENZA
CORONAVIROSE
ADENOVIROSE CANINA
OFTALMOLOGIA VETERINÁRIA
CELULITE JUVENIL CANINA
HIPERTERMIA MALIGNA
CARCINOMA/ADENOCARCINOMA/COLANGIOCARCINOMA DO DUCTO BILIAR
DISPLASIA RENAL
SÍNDROME DO OVÁRIO REMANESCENTE
FÍSTULA INFRAORBITÁRIA
FÍSTULA ORONASAL
CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM CÃES
COLAPSO TRANQUEIA
ESPIRRO REVERSO
HEMANGIOSSARCOMA
HEMANGIOMA CUTÂNEO CANINO
ODONTOLOGIA VETERINÁRIA
HIPOGLICEMIA
INSULINOMA
SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA VIRAL FELINA (FIV)
TRICOBEZOAR
VÕMITO CRÔNICO EM GATOS
NEOPLASIA PROSTÁTICA
PROSTATITES
CISTOS E ABSCESSOS PROSTÁTICOS
HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA (HPB)
AFECÇÕES PROSTÁTICAS EM CÃES
CORONAVÍRUS FELINO
CISTITE IDIOPÁTICA FELINA (CIF)
TÉTANO
UROLITÍASE
DISQUERATINIZAÇÃO
DESVIOS (SHUNTS) PORTOSSISTÊMICOS CANINOS
HIGROMA
DOENÇA DO SACO ANAL
PEDICULOSE
ISOSPOROSE
TOXOPLASMOSE
HIPERADRENOCORTICISMO CANINO / SÍNDROME CUSHING
DOENÇA RENAL CRÔNICA
ARRITMIAS CARDÍACAS
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA
BORDETELLA
CLAMIDIOSE
HEMOPARASITOSES EM GATOS
DERMATITE ATÓPICA CANINA / ATOPIA
DERMATITE ÚMIDA / ECZEMA ÚMIDO
HIPOADRENOCORTICISMO / DOENÇA DE ADDISON
HIPOTIREOIDISMO CANINO
PROBLEMAS NOS OLHOS
PERITONITE INFECCIOSA FELINA (PIF)
MASTOCITOMA
ENDOCARDITE BACTERIANA
LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA
LARVA MIGRANS VISCERAL
LEPTOSPIROSE CANINA
DERMATOFITOSE / MICROSPORUM CANIS
DERMATITE ACRAL POR LAMBEDURA
PULICIOSE – PULGAS
DEMODICOSE CANINA/ SARNA DEMODÉCICA
DIROFILARIOSE
SARNA OTODÉCICA / SARNA DA ORELHA
SARNA SARCÓPTICA / ESCABIOSE CANINA
DIABETES MELLITUS
SÍNDROME DA DISFUNÇÃO COGNITIVA
FeLV – LEUCEMIA VIRAL FELINA
TRAQUEOBRONQUITE INFECCIOSA CANINA
DOENÇA DO TRATO URINÁRIO INFERIOR FELINOS
OTITES
RAIVA
GIARDÍASE
LARVA MIGRANS CUTÂNEA
CALICIVÍRUS FELINO
HERPESVÍRUS FELINO/RINOTRAQUEÍTE VIRAL FELINA
BOTULISMO
HIPERPLASIA ENDOMETRIAL CÍSTICA E PIOMETRA
DIPILIDIOSE
PARVOVIROSE
HEMOPARASITOSES EM CÃES
CINOMOSE